No último domingo (06), Katy Perry participou do podcast Conversations With Delilah, no qual, através de uma ligação telefônica, teve uma conversa descontraída com a apresentadora do programa de rádio, Delilah Rene. Entre outros assuntos, Katy falou sobre seu novo álbum, sua turnê mundial e o que acha das redes sociais atualmente.

Logo no início da conversa, Delilah declarou o prazer em receber uma “estrela fenomenal e de sucesso mundial” em seu programa, mas Katy fez questão de dizer que é uma pessoa bem normal, embora acredite ter o dom de fazer as pessoas felizes através de seu trabalho e, também, se sentir feliz com isso.

Faltando menos de um mês para o início de sua turnê mundial, a Witness: The Tour, Katy declarou que os shows serão super divertidos e, como sempre, uma grande experiência. Mais do que só um visual ou uma cena, a cantora prometeu trazer um mundo surreal para dentro da arena, inspirado, principalmente, em Walt Disney, um de seus heróis. Dessa vez, a turnê tem parceria com a organização Boys and Girls Clubs of America, que será visitada por Katy ao longo dos shows realizados nos Estados Unidos.

Eu não quero mais só apertar um botão na internet para doar dinheiro, eu quero me levantar e fazer algo com as minhas próprias mãos“, declarou a cantora.

Durante a conversa, Katy ainda falou sobre a sua visão em relação às redes sociais atualmente:

Eu acho que o maior problema hoje em dia são as redes sociais. Parece algo pequeno, mas eu acho que é um grande exercício largar um pouco o seu celular, seu Instagram, parar de postar um pouco. Eu acho que estamos todos nesse ciclo de tirar fotos e documentar tudo, fazer nossas vidas parecerem fabulosas e manter essas aparências, o que não é real! Isso só faz com que as pessoas se sintam mais sozinhas, embora elas achem que estão mais conectadas porque estão ganhando curtidas e comentários. Mas eu encorajo as pessoas a largarem um pouco isso e terem uma conversa de verdade com seus amigos. Socializar, mas não na internet, porque estamos ficando presos a isso e não conseguimos acompanhar essa ideia de perfeição. Isso faz os mais jovens se sentirem mais inseguros do que nunca. Eu tive essa experiência de me transmitir ao vivo durante quatro dias no YouTube, e eu mostrei tudo: o bom, o mau, o bonito e o feio, porque as pessoas pensam que as celebridades são perfeitas, mas elas não são, elas são pessoas normais. E eu não quero ser perfeita, não quero transmitir isso. Eu acho que há uma beleza real na imperfeição e quero encorajar o fato de que está tudo bem em não ser perfeito. Eu acho que as redes sociais são lugares bem sombrios – mesmo tendo 100 milhões de pessoas me seguindo no Twitter! Mas, quando eu vou lá, vejo as pessoas brigando umas com as outras e ninguém está conversando de verdade! Você discute com alguém, mas você falaria aquilo se estivesse de frente para aquela pessoa? Eu encorajo a comunicação, em uma interação real, como a que eu estou fazendo com a Boys and Girls Clubs of America, onde as pessoas podem ganhar ingressos para os meus shows ao invés de comprá-los, apenas tornando-se voluntários da organização. Porque eu acho que as crianças são o futuro. E esses jovens podem aprender coisas melhores, ter ferramentas melhores para construírem um futuro melhor. Mas, quando todo mundo diz que vai entrar no Instagram, eu digo ‘estou saindo!’ mesmo que ainda poste algumas coisas!

Quando questionada sobre o single “Save As Draft“, Katy disse que é realmente um exercício escrever mensagens de texto após uma briga ou um término.

Você tem que escrever, mas não deve enviar. […] É como uma lição de auto-controle. Eu gosto de escrever um rascunho e ir dormir, porque as minhas emoções ficam muito exacerbadas à noite [e] então, pela manhã, quando eu acordo, fico, tipo: ‘Ah, estou tão feliz que não enviei aquilo! Posso passar por mais um dia sem essa situação!‘”, ela disse.

Ao fim da conversa, Delilah declarou que a faixa-título do álbum é a sua preferida. “A música que mais me tocou no álbum foi ‘Witness’. Para mim, é como toda a filosofia da minha fé e da minha vida resumidas em apenas algumas palavras. Tão bonito. Obrigada por isso!


Não deixem de acompanhar nossas redes sociais, Twitter, Facebook e Instagram para futuras informações.