Rolou ontem (19), o primeiro show da nova turnê de Katy Perry, a “Witness: The Tour”, no Bell Centre W Arena, em Montreal, Canadá.

Dois anos depois do final da “Prismatic World Tour” e quatro anos depois do lançamento de seu álbum “Prism”, Katy presenteou seus fãs já sedentos por novidade, em Junho, com o “Witness” (um álbum mais maduro em todos os sentidos), dando início a uma nova era.
Sem dúvidas, a fase mais desejada desse momento era os shows ao vivo, que não demoraram muito a chegar. Já com 84 datas marcadas ao redor do mundo, a “Witness: The Tour” começou e você fica sabendo de tudo aqui!

O show de abertura começou no horário anunciado e ficou por conta de Noah Cyrus, irmã mais nova da estrela pop Miley Cyrus. Novamente sem atrasos, Katy subiu a um palco não muito grande, mas com um telão gigantesco, uma passarela extensa e uma área restrita exclusiva, a comentada Drop Zone.

Para alegria geral dos KatyCats, o show foi recheado de sucessos antigos, de novos hits, algumas trocas de figurino e bastante interação com o público.

A música que iniciou o show foi também a primeira do álbum, “Witness”, cantada por Katy, que usava vestido e botas vermelhas, do alto de uma estrela que desceu até o palco em meio à fumaça. Em seguida, veio umas das preferidas dos fãs, “Roulette” e uma grande performance com dados gigantes no palco, uma roleta no telão e dançarinos com figurinos em referência aos naipes de baralho. “Chained to The Rhythm”, o primeiro single e clipe da era a ser lançado, foi a seguinte performance, com elementos já vistos em shows anteriores – dançarinas com TVs na cabeça, mantendo a mensagem idealizada desde o início.

O primeiro interlude veio ao som de “Act My Age” (música que aparece apenas na versão deluxe do álbum). Hits mais antigos de muito sucesso como “Teenage Dream”, “Hot N Cold”, “Last Friday Night” e “California Gurls” contribuíram para um espetáculo colorido e divertido; para lembrar os velhos tempos, teve até participação especial do Left Shark. Foi neste momento também que Katy- com um figurino simples e maduro, bem condizente com sua nova fase – fez uma ligação ao vivo para sua mãe, Mary Hudson. O “remmember” encerrou-se ao som de “I Kissed A Girl”, e deu lugar a um ato mais elegante e moderno.
Flores gigantes encheram o palco e Katy, agora com um look mais sexy, cantou “Déjà Vu” e, em seguida, “Tsunami”, acompanhada por um acrobata dançando pole dance. Em seguida, Katy entoou “E.T.” e “Bon Appétit”, esta última em um remix com a música “What Have You Done With Me Lately”, de Janet Jackson. Ao fim, um jardim de plantas carnívoras tomou conta do palco e do telão que, literalmente, engoliram a cantora.

Mais um interlude, agora com “Mind Maze”, e planetas preencheram a arena. Katy surgiu sentada numa espécie de Saturno, onde cantou “Thinking Of You” sobrevoando o público, um dos momentos mais emocionantes do show. O acessório aterrissou na Drop Zone, onde Katy chamou uma pequena fã ao palco e, juntas, fizeram um desejo a uma estrela cadente. “Save As Draft” foi a música seguinte, introduzida com um discurso sobre autocontrole na hora de enviar mensagens para alguém de seu passado, assunto tratado na música. Mas a surpresa veio logo após, quando enormes asas angelicais surgiram atrás de Katy e a cantora voou pela arena até voltar ao palco principal.

Numa pequena introdução exibida no telão, Katy se preparou para “Hey Hey Hey”, música que cantou sobre uma moto, já com outro figurino. “Part Of Me” foi a canção seguinte, num momento animado, que serviu como introdução à empolgante performance de “Swish Swish”: do alto de uma gigante cesta de basquete, Katy iniciou sua apresentação com vários dançarinos e muitas bolas de basquete. A cantora chamou outro fã ao palco, com quem fez uma breve competição de cestas. Pontos marcados, a música foi retomada, e enquanto Nicki Minaj (parceria de Katy no single) aparecia no telão, Katy apresentava uma coreografia na ponta da passarela com suas dançarinas.
No mesmo ato, a nova versão de “Roar”, com a introdução de “It’s a Hard Knock Life”, foi entoada sob uma enorme cabeça de leão que se projetou no palco.

O espetáculo foi encerrado ao som de “Firework”, assim como na “Prismatic World Tour”, mas, desta vez, com uma nova introdução, parecida com a já vista em 2015, na Harpers Bazaar ICONS Party. Para o grand finale, Katy surgiu, com um novo figurino, na palma de uma mão de pedra erguida na passarela, simbolizando a fé da cantora – que já afirmou que sempre que se sente sozinha, se lembra que alguém maior do que ela a segura e não a deixa vacilar.

Confira, abaixo, fotos, e, trechos das performances divulgados por fãs que estavam no local:

FOTOS – Show

849780304.jpg 849780374.jpg 849780436.jpg 849780464.jpg

Clique aqui para conferir mais fotos

 

Observação: Para ouvir ao trecho, basta clicar em cima da música desejada.

 

Witness (Completa)

Roulette (Completa)
Dark Horse (Completa)
Chained To The Rhythm
Act My Age (Interlude) [Completa]
Teenage Dream/Hot N Cold/ Last Friday Night (Completa)
California Gurls (Completa)
I Kissed A Girl (Completa)
DéJà Vu (Completa)
Tsunami
E.T. (Completa)
Bon Appétit (Completa)
Mind Maze (Interlude)
Thinking Of You
Save As Draft (Completa)
Power
Hey Hey Hey (Completa)
Part Of Me
Swish Swish (Completa)

Roar (Intro “It’s A Hard Knock Life”) [Completa]

Firework (Completa)

O próximo show da “Witness: The Tour” acontece dia 21 em Uncasville, Connecticut, e deve seguir o mesmo roteiro.
Para ficar por dentro de tudo que acontece na turnê, nos acompanhe através das redes sociais, , TwitterFacebook e Instagram.


Não deixem de acompanhar nossas redes sociais, Twitter, Facebook e Instagram para futuras informações.