Na última terça-feira (14), Katy Perry foi confirmado, por fontes chinesas, como uma das atrações musicais do Victoria’s Secret Fashion Show, desfile anual organizado pela grife de lingeries Victoria’s Secret, para divulgar os novos lançamentos da marca. O anúncio oficial do desfile não chegou a ser publicado confirmando a mesma como performer.

Os rumores da participação de Katy no evento iniciaram-se há uma semana, quando um site chinês divulgou a foto de um termo assinado pela própria cantora, concordando em “respeitar” a cultura do país onde será realizado o evento, a China.

Porém, na madrugada dessa sexta-feira (17), foi confirmado que Katy teve o visto recusado pelo governo chinês, segundo o site PageSix.

O motivo da decisão, seria por causa de um incidente em 2015, quando, em um show da “Prismatic World Tour”, em Taiwan, a cantora usou um vestido brilhante e cheio de girassóis.

A roupa causou polêmica porque o girassol foi um símbolo adotado por manifestantes anti-China em 2014.

Um outro motivo da negação, seria porque Katy cancelou de última hora sua apresentação no evento chinês “Alibaba Double 11”, que aconteceu em Novembro de 2016, por conta de uma emergência na família.

Modelos do desfile, como Irina Sharipova e Gigi Hadid também não tiveram seus vistos aceitos para entrar no país.

Seria a segunda vez que Katy se apresentaria no evento, tendo estreado nas passarelas do Victoria’s Secret Fashion Show na 15ª edição do desfile, que aconteceu em Nova Iorque, em 2010. O que resta é ficar em nossas memórias a performance de “Firework“:

O Victoria’s Secret Fashion Show desse ano será transmitido no dia 29 de Dezembro, pela CBS. As gravações acontecem no dia 20 de Novembro, em Xangai.


Não deixem de acompanhar nossas redes sociais, Twitter, Facebook e Instagram para futuras informações.