John Carpenter é um renomado diretor, produtor, editor e musico do cinema americano. Apesar de Carpenter ter trabalhado em vários géneros de cinema, está mais associado aos filmes do gênero de terror e de ficção científica dos anos de 1970 e 1980, dentre eles estão os clássicos como Halloween (1978), Dark Star (1974), A Bruma Assassina (1980), A Coisa (1982), Christine – O Carro Assassino) (1983), Eles Vivem (1988).

Além disso, Carpenter também se tornou notável por ter feito parte da composição (ou em parceria) da trilha sonora de seus filmes; como a música principal do filme Halloween (1978), que é usada até hoje nos remakes da franquia, sendo considerada também uma canção clássica da cultura do terror.


Em entrevista ao site Pitchfork, o diretor e musico comentou sobre sua jornada artística e também falou sobre as músicas que mais significaram para ele, apesar do mesmo dizer durante o papo que “não dá a mínima” em relação as canções contemporâneas, ele citou “Roar”, sucesso de Katy Perry em sua lista. Confira:

“Ela é uma garota legal, uma ótima artista e sabe como fazer uma música. Ela só tem um talento inato. É uma música de fortalecimento das garotas, e eu aprecio isso. Eu gosto daquela música (Roar). Lá você tem isso. Você tirou isso de mim.” – John Carpenter


Observação: essa entrevista foi publicada pela Pitchfork em Outubro de 2017 e divulgada hoje novamente, devido isso, resolvemos postá-la pois elogios como esses devem ser enaltecidos.


Não deixem de acompanhar nossas redes sociais, Twitter, Facebook e Instagram para futuras informações.