Estreou, neste domingo (03), no canal americano ABC, a nova temporada do reality musical American Idol, que trás Katy Perry, Lionel Richie e Luke Bryan como jurados, e Ryan Seacrest como apresentador.

Nos primeiros cinco episódios do programa acontecem as audições, onde os jurados ouvirão milhares de candidatos e selecionarão 150 para a próxima fase.

Confira um resumo do que rolou no primeiro dia de audições:

O primeiro candidato a se apresentar foi Walker Burroughs, um ruivo de vinte anos, de Birmingham, Alabama. O rapaz cantou “Love Like This”, do Ben Rector, enquanto tocava piano, e impressionou os jurados.

Katy Perry disse que o achou “natural, legal” e considerou possível que ele chegasse até o Top 10. Sobre seu cabelo ruivo, acrescentou: “você vai entrar em extinção!”.


Depois de Katy ter contado como conheceu seu namorado através de um hambúrguer, foi a vez de Johanna Jones, de Las Vegas, se apresentar, com a música “I’m Not the Only One”, do Sam Smith. Os jurados se referiram a ela como “o pacote completo” e a aprovaram para a próxima fase.

Depois de uma sequência de candidatos reprovados…


Kaleefah Wilson, mais conhecida como Kai, a cantora, uma garota de 19 anos da Carolina do Sul, que vem de uma família pobre de oito irmãos, entrou na sala para se apresentar. Apesar de não ter se saído muito bem cantando “Thinking Out Loud”, do Ed Sheeran, enquanto tocava violão, os jurados deram uma segunda chance a ela, que decidiu cantar “My Girl” e tocar piano, e acabou levando Katy às lágrimas.


O careca Tyler Mitchell, que acredita ter recebido um dom de Deus, foi o primeiro a se apresentar em Nova Iorque. Antes que pudesse começar a cantar, Katy pediu para ver, de perto, o quão grande eram suas mãos. Tyler cantou “Whenever You Come Around”, do Vince Gill, e ouviu de Katy: “nasce uma estrela”.


O próximo é um cantor místico de death trap, chamado Volkills e ele cantou uma música original chamada “American Creature”. Katy e Lionel se escondem atrás da mesa. Katy dá um “sim” surpreendente. Mais tarde, Katy confessou que só disse sim porque não queria que ele a matasse.


Em Los Angeles, a primeira é Margie Mays, que arrota quando está nervosa. Então, Katy tem a coragem de dizer a essa garota que ela é uma estrela. Luke e Katy votam “sim”.


Em seguida foi uma jovem chamada Myra Tran. Ela é uma jovem de 19 anos do Vietnã que sonha em se tornar uma estrela. Na sexta série ela ficou impressionada com a voz de Whitney Houston e desde aquele momento ela queria ser cantora. Cantando “One Night Only”, de Jennifer Hudson, a voz de Myra se transforma em diva pura. Luke a comparou a Kelly Clarkson e Katy mencionou como a música transforma as barreiras linguísticas, embora Myra esteja falando inglês perfeitamente.


O próximo é um personagem colorido chamado Uche, que vem da igreja com muita personalidade. Ele está abandonando o evangelho para cantar música pop e mostrar a jovens gays/bi que Deus os ama também. Ele canta “Ain’t Other Other Man” de Christina Aguilera, com coreografia.

Katy diz a ele para ficar parado e cantar, então ele faz enquanto recita “Deus é Capaz”. Katy gosta, então ela diz “sim”.


Na cidade de Denver com a cantora country Laci Kaye Booth. Ela cresceu ouvindo Shania Twain e os Dixie Chicks. Seus pais eram apenas adolescentes quando Lacey nasceu e seu pai músico não estava por perto tanto quanto ela seguiu seu próprio sonho. Quando adolescente, Laci e seu pai se reconectaram através da música e isso curou seu relacionamento. Cantando “Mama Tried” de Merle Haggard, Laci acompanha-se na guitarra e soa bem. Katy chama-lhe um “diamante bruto” porque ela soa diferente de todos os outros.


Nick Rogers, de 17 anos, fazendo serenata para Katy antes de estourar um jogo de rap sério. Katy ama seu flow. Ele diz que suas influências são Kendrick Lamar, Kanye West e Lionel Richie, mas ele não conseguiu dizer uma música de Lionel. Nick não tem negócios nesta competição, mas os juízes o encaminham para Hollywood.


A próxima foi Tiffanne Lemay, que é exatamente o oposto de Nick. Ela chegou apenas para confessar seu amor por Lionel. Ela trouxe um disco de vinil dele e todos os juízes assinam. Tiffanne passa a cantar “The Best Part” de H.E.R.. Lionel ama seu estilo e Katy ama sua disposição ensolarada. Luke sugere que ela trabalhe em sua anunciação, mas Tiffanne está indo para Hollywood.


Um jovem chamado Nick Townsend se aproxima dos juízes e revela que seu irmão mais velho, que estava na Força Aérea, morreu recentemente de suicídio. Depois de perder seu irmão, Nick foi ao Japão para ensinar crianças e se apresentar.

Enquanto estava no exterior, Nick recebeu outro telefonema dizendo que seu irmão mais novo também havia tirado sua vida. Ir para o Japão é o maior arrependimento de Nick e ele acredita que ele deixou seu irmão mais novo quando ele mais precisava dele. Luke se emociona pois compartilha de sua experiência. Nick canta “Let it Go”, de James Bay. Os juízes gostam muito. Ele vai para Hollywood.


Não deixem de acompanhar nossas redes sociais, Twitter, Facebook e Instagram para futuras informações.