Nessa quarta-feira (18), foi divulgado que Taylor Swift seria capa da edição de Outubro da revista Rolling Stone. Dentre vários assuntos abordados, Taylor falou sobre sua conversa que teve com Katy Perry, quando ambas voltaram a se falar.

Além de falar sobre como aconteceu essa proximidade das duas, Taylor aproveitou para lembrar que todas as artistas tem seu prestigio e não deixarem se levar pela competitividade criada pela mídia: “Na minha mente agora só o que prevalece é: ʽKaty será lendária, Beyonce será lendária, Gaga será lendária, Rihanna será lendária pois o trabalho que elas fazem obscurece a miopia desse ciclo de notícias

Confira a tradução da entrevista onde Taylor fala sobre Katy:

“I Did Something Bad” era sobre fazer algo que era tão contra o que eu normalmente faria. Katy [Perry] e eu estávamos conversando sobre nossos sinais. . . . [ Risos ] É claro que estávamos.

 

Estávamos conversando sobre nossos signos porque tivemos uma conversa muito, muito longa quando estávamos nos reconectando. E lembro que, durante a longa conversa, ela ficou tipo: “Se tivéssemos uma taça de vinho branco agora, estaríamos ambos chorando“. Porque estávamos bebendo chá.

 

Estávamos conversando sobre como tivemos falhas de comunicação com as pessoas no passado, nem mesmo especificamente entre si. Ela é como: “Eu sou de escorpião. Os escorpianos atacam quando se sentem ameaçados.” E eu fiquei tipo: “Bem, eu sou de Sargitário. Nós literalmente recuamos, avaliamos a situação, processamos como nos sentimos a respeito, levantamos um arco, puxamos para trás e disparamos.” Portanto, são maneiras completamente diferentes de processar dor, confusão, equívoco. E muitas vezes tive esse atraso em sentir algo que me machucava e depois dizer que isso me machucava. Você sabe o que eu quero dizer? Isso é algo em que eu tenho que trabalhar.


Não deixem de acompanhar nossas redes sociais, Twitter, Facebook e Instagram para futuras informações.